terça-feira, 23 de novembro de 2010

TU

I

Espantei-me com o crepúsculo,

Lembrei-me de ti espantado.

A isto é comum a sublimidade

Tanto das nuvens em redor do Sol

Como do teu rosto coberto pela memória.

A minha percepção visual é contingente

E a memória presente, mas impotente

Perante o Sublime do Céu

E o Sublime da tua recordação -

Do teu corpo, do teu jeito, do teu sorriso.

Quero tocar-te, não posso todavia.

Desejo admirar-te, não te toco porém.

És tão intangível como as matizes

Tão profunda como as raízes

Tão pouco visível como o pensamento

E tanto por mim amada, neste momento.



II

Entretanto escureceu, o Sol morreu,

A recordação permaneceu.

Sendo que tu aí estás, aí

Por entre o Sol e o Mar

Onde tudo é aparente,

Mas onde tudo se sente.

Ouço, agora, no escuro da luz artificial

A tua voz que é sentida como especial,

E ela dentro de mim, faz-me especial.

Fecho os olhos, ouço-a nitidamente.

Vejo novamente o Sol, de olhos fechados

Vejo-te a ti, e sinto-a ti nos meus braços;

Enclausorado no teu corpo

Sou o sublime do crepúsculo

Invadido pela tua recordação.

Sou fugaz paixão de um Sol

Que em breve repousa no Mar.

Esse Mar és tu, descanso para te amar.

Abro os olhos, e afinal é já noite.

Momentaneamente, pensei ser poderoso

A tal ponto de fazer noite dia.

Um poder cedido pela Deusa

Que és tu na minha memória.

É certo eu não ser milagroso

É-lo tu.

Crias milagres em mim

Contanto toda a tua sublimidade

Me causar tanta saudade,

Manter-me como homem que ama;

Mesmo sem te poder tocar

Continuarei a amar.

Haverá maior milagre do que esse?

Sem te poder percepcionar

Continuarei ciente de que sou o Sol

Que aparentemente repousa no teu mar.

Análogo ao milagre estético do anoitecer.



III

Este não é mais um poema de Amor:

É Amor em forma de poema.

Este não é um belo poema:

É a tua Beleza retratada em poema.

Minimamente.

Pois tamanha Beleza

Não ousa ser equiparada a simples

Palavras.

Bem, apenas uma:

Tu.


23/10/2010 - 17h45m

1 comentário:

Anónimo disse...

Belo. Ana